PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

engemed azul

O que é PPRA?

São as iniciais do Programa de Prevenção dos Riscos Ambientais – PPRA. Trata-se de uma legislação federal, especificamente a Norma Regulamentadoras nº 09, emitida pelo Ministério do Trabalho e Emprego no ano de 1994.

O Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), previsto na Norma Regulamentadora nº 09, visa levantar os riscos (físicos, químicos e biológicos) existentes no ambiente de trabalho e definir medidas de prevenção.

QUAL É O OBJETIVO DO PPRA?

Estabelecer uma metodologia de ação que garanta a preservação da saúde e integridade dos trabalhadores, frente aos riscos dos ambientes de trabalho.

QUAIS SÃO OS RISCOS AMBIENTAIS?

Para efeito do PPRA, os riscos ambientais são os agentes físicos, químicos e biológicos existentes nos ambientes de trabalho que, em função de sua natureza, concentração, intensidade e tempo de exposição, são capazes de causar danos à saúde dos trabalhadores.

QUEM ESTÁ OBRIGADO A FAZER O PPRA?

A elaboração e implantação do PPRA são obrigatórias para todos os empregadores e instituições que admitam trabalhadores como empregados, ou seja, 1 funcionário CLT. Não importa grau de risco ou a quantidade de empregados. Assim, tanto um condomínio, uma loja ou uma refinaria de petróleo, todos estão obrigados a ter PPRA, cada um com suas próprias características e complexidade.

Tanto PPRA como PCMSO são partes integrantes do conjunto amplo de iniciativas da empresa que têm como objetivo preservar a saúde e integridade física dos trabalhadores.

Além de ser uma atitude legalmente correta a adotar é uma decisão inteligente. Investimentos em prevenção são financeiramente mais vantajosos do que aqueles resultantes de acidentes e doenças.

QUEM DEVE ELABORAR O PPRA?

São legalmente habilitados os Técnicos de Segurança, Engenheiros de Segurança.

O PPRA É UM DOCUMENTO QUE DEVE SER APRESENTADO À FISCALIZAÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO?

O PPRA é um programa de ação contínua, não é um documento. Já o documento-base gerado quando de sua elaboração e as ações que compõem o programa podem ser solicitados pelo Fiscal. Caso a empresa possua o documento-base e não existam evidencias de que esteja sendo praticado, o Fiscal entenderá que o programa NÃO EXISTE.


7 comentários em “PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

  1. Luiz Reinaldo disse:

    Orçamento do PPRA

  2. gabriel f de a silva disse:

    estou com dificuldades em iniciar uma documentaçao de ppra tenho duvidas

  3. eduardo disse:

    o ppra ele e feito anualmente?

  4. gabriel f de a silva disse:

    DE que jeito fas o ppra como iniciar corretamente

  5. cristiane disse:

    A empresa tem um setor que esta inativo. Devo coloca-lo no PPRA apenas com a descricao do local, ou tambem deve-se entrar os riscos e as descricoes das funcoes que ali tinham antes?

  6. Patrícia Marques Lobato disse:

    Boa tarde!
    A empresa que trabalho é de grau de risco 3 com menos de 10 funcionários, o que a desobriga apresentar o relatório do PCMSO. Minha dúvida é se mesmo sem o PCMSO, somos obrigados a ter o PPRA.
    Pode me esclarecer, por gentileza.

    Att.,

    Patrícia Lobato

  7. Patrícia, boa tarde!
    Nenhuma empresa é desobrigada a fazer o PPRA ou PCMSO. O PPRA e o PCMSO são obrigatórios a partir de 1 funcionário CLT. Respondendo sua pergunta, vocês são obrigados a ter os dois documentos, caso os funcionário sejam CLTs, tanto o PPRA quanto o PCMSO: Primeiro para a avaliação dos riscos do ambiente de trabalho ao colaborador e para a definição pelo médico coordenador do PCMSO para estabelecer quais exames devem ser feitos no admissional, periódico, retorno ao trabalho, mudança de função e demissional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.