Olhos são porta de entrada do coronavírus e lágrimas podem espalhá-lo

Face of unhappy woman crying, closeup eye with teardrops, life problems anguish

Partículas virais de coronavírus podem estar presentes nas lágrimas de pessoas com a covid-19, descobre estudo.

Uma equipe de médicos e de laboratório da Faculdade de Medicina da Universidade Johns Hopkins divulgou um novo relatório sugerindo que os olhos e a área ao redor deles são perfeitas portas de entrada para novo coronavírus. Até aí, não há novidade, já que sabemos desde o início da pandemia que devemos evitar levar as mãos aos olhos, nariz e boca para não nos contaminar. Mas o estudo ainda descobriu que as lágrimas são fontes de contaminação.

Para chegar a esse resultado, os cientistas estudaram um grupo de 10 pessoas que morreram de causas não relacionadas ao coronavírus e descobriram que seus olhos e a área sob as pálpebras produziam uma quantidade grande de ACE2 – uma enzima conhecida por facilitar a entrada do Sars-Cov-2 no corpo humano. Essa enzima é encontrada em muitos lugares – como na boca e nos pulmões – mas até agora não se sabia que também estavam presentes em quantidades abundantes nos olhos.

“Esses resultados indicam que as células da superfície ocular, incluindo a conjuntiva, são suscetíveis à infecção pelo Sars-Cov-2 e, portanto, poderiam servir como um portal de entrada e também como um reservatório para a transmissão de pessoa para pessoa deste vírus”, disse um dos autores do estudo o médico oftalmologista Lingli Zhou.

Como se isso não bastasse, eles também observaram que nessas áreas existe outra enzima em grandes quantidades, chamada TMPRSS2, que ajuda o vírus a deslizar por nossos poros e vasos sanguíneos.

Na prática, isso quer dizer que se alguém infectado espirra ou tosse perto de você e parte dessas gotículas cai sobre seus olhos, o vírus poderá se infiltrar facilmente no seu corpo.

Não apenas o vírus pode entrar no corpo através dos olhos, mas as lágrimas também podem servir como uma propagação da infecção, segundo os cientistas. Essa informação até então era pouco conhecida.

Segundo o estudo verificou, se as lágrimas de alguém infectado tocar sobre superfícies, esses locais podem conter o vírus causador da covid-19.

Conjuntivite e coronavírus

Pesquisadores já afirmaram que a covid-19 pode causar conjuntivite, que foi um sintoma observado em cerca de 30% dos pacientes em um estudo.

Os pesquisadores explicaram que isso poderia ser o resultado do coronavírus que viaja do trato respiratório para os olhos – uma complicação secundária frequentemente associada a um vírus. Mas também pode ser o resultado direto do da ação do vírus que ataca as células dos olhos pela ligação aos receptores ACE-2.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.